sexta-feira, 19 de novembro de 2010

They say it's your birthday It's my birthday to, yea!


Eram vinte e um de um mês de muita chuva quando resolvi nascer. Alguns meses antes eu, como não tinha muito o que fazer na barriga da minha mãe, resolvi mandar uma mensagem via telepatia para aquela que iria me botar no mundo. E ela me ouviu. Dias depois estava ajudando os brasileiros a baterem o record de público no show do Paul McCartney. Na verdade não eram 185 mil pessoas, eram 185/2.
Quase nasci ao som de Live and Let Die. Fiquei com a primeira opção.
Hoje é dia vinte e um de um mês que quase não chove mais devido ao aquecimento global. E eu aqui, me aquecendo para completar um círculo que não poderia ser melhor. É que vinte anos depois de ver o Paul McCartney e sua mulher, Linda, através da minha visão de raio x, vou ver o agora Sir cantar para as multidões novamente.
Eu vou gritar, berrar, cantar, chorar e todos os verbos que podemos conjugar no presente perfeito que Paul McCartney me deu de aniversário.

Yes, we're going to a party, party!

Um comentário:

  1. Serei testemunha do fato e estarei com o bocão aberto a chorar. Usando aquele adjetivo famoso nas rodas de amigo: vai ser foda!

    ResponderExcluir